Microdiscectomia: Cirurgia para Hérnia de Disco

A Hérnia de Disco é uma lesão caracterizada pelo desgaste nos discos intervertebrais, que saem de sua posição natural resultando em uma compressão das raízes nervosas.

As principais causas dessa condição são o envelhecimento, sedentarismo, obesidade, postura inadequada e movimentos repetitivos. Além disso, pessoas que levantam peso com regularidade são mais vulneráveis a desenvolver a Hérnia de Disco.

Quando o disco intervertebral comprime um nervo alterações neurológicas podem surgir, como formigamentos, fraqueza muscular e dor na região afetada. Nesses casos, uma cirurgia de descompressão é necessária.

Chamada de Microdiscectomia, esse procedimento tem como objetivo remover o disco intervertebral danificado para acabar com a pressão no nervo que está sendo comprimido. A Microdiscectomia pode ser feita tanto na região lombar quanto na cervical.

Mas como esse procedimento funciona?

A Microdiscectomia Lombar é efetuada por meio de uma pequena incisão na pele, afastando a musculatura da região lombar é retirada do lugar para que o médico possa ter acesso a área em que as vértebras estão localizadas. Em seguida, o disco lesionado é retirado acabando com a compressão.

Nesse tipo de Microdiscectomia o paciente fica sob efeito de anestesia geral e na maioria dos casos só precisa de um dia de internação.

Comparado com a Lombar, a Microdiscectomia Cervical é um procedimento mais complicado pois é feita pela parte da frente do pescoço. Alguns músculos e órgãos, como a traqueia e o esôfago são afastados criando um direto acesso a coluna.

Não há extrema dor durante o pós-operatório porém o paciente precisa ser observado no CTI por um tempo já que no decorrer do procedimento as vias aéreas foram manuseados o que pode causar problemas.

O procedimento Lombar é o mais comum em casos de Hérnia de Disco enquanto o tipo Cervical costuma ser associado a artrodese, um outro procedimento caracterizado pela fusão de duas ou mais vértebras com o objetivo de corrigir deformidades, estabilizar a coluna ou controlar a dor.

A Microdiscectomia só é recomendada quando os outros tratamentos não surtiram efeito.

Deixe um comentário