O que é a Síndrome do Túnel de Tarso?

Se você sente dores repentinas e fortes no tornozelo e está experimentando a perda da sensibilidade desse membro, saiba que esses são sintomas frequentemente encontrados nos quadros de Síndrome do Túnel de Tarso.

Essa síndrome se caracteriza pela compressão dos nervos encontrado no tornozelo e sola do . Diversos fatores podem provocar a compressão, um deles é a presença de varizes e cistos nessa região pois eles ajudam na compressão dos nervos.

Outras condições que favorecem o surgimento da síndrome são:

  • Má postura dos pés, quando os tornozelos se encontram inclinados para dentro;
  • Entorses e fraturas;
  • Uso de calçados inadequados;
  • Em decorrência de insuficiência cardíaca ou renal;
  • Doenças que proporcionam a inflamação e inchaço nas articulações, como a artrite reumatoide.
Sintomas

Os sintomas mais comuns da Síndrome do Túnel de Tarso são dores no tornozelo que se espalham para a sola do pé e muitas vezes até os dedos, inchaço, dormência, formigamento e dificuldade para se locomover.

O paciente pode experimentar a piora dos sintomas ao tentar efetuar movimentos como andar e correr mas sente alívio ao ficar em repouso. Porém quanto mais a síndrome ficar sem tratamento, as dores podem persistir mesmo quando o paciente está praticando o repouso.

Tratamento

O tratamento é feito com o uso talas e botas ortopédicas para imobilizar o tornozelo, com o objetivo de descomprimir o nervo e diminuir os sintomas. Além da imobilização, o médico especialista pode prescrever medicamentos anti-inflamatórios que agilizam a recuperação e também auxiliam no alívio das dores e inchaço.

Sessões de fisioterapia são recomendadas para descomprimir o local afetado, mas em casos mais graves a cirurgia pode ser necessária.

Para prevenir que a Síndrome do Túnel de Tarso aparece fique atento as seguintes dicas:
  • Use sapato confortáveis e de acordo com o terreno em você vai pisar;
  • Realize alongamentos nos pés e tornozelos ao longo do dia;
  • Evite praticar exercícios que forcem os tornozelos.

Quer saber mais sobre lesões nos pés e tornozelos? Acesse nossas outras publicações.

Deixe um comentário