Quais os sintomas da Espondilite Anquilosante?

Já ouviu falar sobre a Espondilite Anquilosante? Trata-se de uma doença inflamatória crônica que atinge as articulações provocando dor nas costas e rigidez, deixando a coluna inflexível. Além da coluna, a enfermidade pode afetar regiões do ombro, joelhos e quadril.

Essa doença é um tipo de artrite e costuma afetar pacientes entre 20 e 40 anos de idade.

Causas

A causa da Espondilite Anquilosante ainda é desconhecido mas ela caracteriza-se por ser uma doença autoimune, quando o próprio sistema imunológico ataque as próprias células e tecidos saudáveis presentes no corpo, nesse caso são as articulações.

Enquanto está sendo atacado, o corpo reage se regenerando e acaba gerando mais tecido ósseo nas articulações afetadas, resultando na ossificação dessa estrutura.

Contudo, muitos especialistas acreditam que pacientes que possuem o gene HLA-B27 tem mais chances de desenvolver essa doença. Existe uma teoria de que a Espondilite Anquilosante seria causada por uma infecção intestinal em portadores desse gene.

Sintomas

Um dos primeiros sintomas da Espondilite Anquilosante é a presença de dor na coluna, principalmente na região lombar e que pode se espalhar para as nádega e pernas. No entanto, a dor da Espondilite é diferente das demais já que ela aumenta quando o paciente está de repouso. Outro sintomas comum é a rigidez nas costas.

É importante mencionar que esses sinais podem aparecer durante uma semanas e depois desaparecer na outra, voltando somente depois de um tempo considerável. Isso acaba fazendo com que muitas pessoas passem a vida achando que possuem uma simples rigidez nas costas. Por isso, se os sintomas persistirem por mais de três meses é recomendado que o paciente consulte com um médico especializado.

Conforme a doença evolui e o sistema imunológico começa a atacar a coluna e articulações, o paciente pode sentir cansaço, perda de apetite e peso, podendo desenvolver anemia. Se a Espondilite Anquilosante atingir as costelas há uma piora da respiração profunda devido a dor no peito.

Tratamento

Infelizmente a Espondilite Anquilosante mas é possível controlar a doença, reduzir o risco de deformidades e melhorar a mobilidade da coluna. Os métodos mais utilizados são medicamentos, sessões de fisioterapia e exercícios de correção postural. Lembrando que todos esses métodos devem ser indicados e adaptados por um médico. Agora, se a articulação precisar ser substituída, uma cirurgia é necessária.

Deixe um comentário