Conheça as lesões que mais atingem os tenistas

Se você está pensando em começar uma atividade física nova mas não quer ficar confinado em uma academia, o Tênis pode ser uma melhor opção. Esse esporte traz inúmeros benefícios para nosso corpo, como o desenvolvimento da coordenação motora, aperfeiçoamento do condicionamento físico, fortalecimento dos músculos e a diminuição do estresse.

No entanto, por ser um esporte que exige muito fisicamente, já que envolve movimentos repetitivos e frequentes mudanças de direções, as lesões podem surgir e prejudicar a rotina do atleta.

Mas quais são as lesões mais comuns no Tênis?

Cotovelo: A Epicondilite Lateral, conhecida também como Cotovelo de Tenista, é uma das principais lesões que afeta o cotovelo. Trata-se de uma inflamação localizada nos tendões, provocando dor e sensibilidade na região externa do cotovelo. Essa lesão é mais comum entre atletas amadores e tenistas profissionais, pois realizam os mesmos movimentos em excesso.

Ombro: Atletas que efetuam arremessos por um longo período podem sofrer com alterações no ombro, chamada de Ombro do Arremessador. Essas modificações estruturais ocorre pois durante a desaceleração do ombro, que acontece quando o atleta efetua um saque ou rebate a bola, a cápsula que estabiliza a articulação pode sofrer microtraumas e estiramento.

Punho: Na maioria dos casos, as lesões no punho podem envolver tanto os tendões que flexionam o punho como os que estendem o punho. Quando os tendões extensores são afetados o atleta pode sentir dor ao efetuar o golpe backhand. Agora, se os tendões flexores forem lesionados o desconforto surge quando o esportista executa um saque ou golpes de forehand.

Coluna: A dor na coluna em tenistas pode ocorrer devido frequentes acelerações e desacelerações, impacto repetitivo e movimentação excessiva do tronco. Esses fatores causam uma sobrecarga na coluna, que com o passar do tempo pode resultar em uma doença degenerativa dos discos intervertebrais, chamada de Discopatia.

Para prevenir o surgimento de lesões na prática desse esporte, faça aquecimentos antes dos treinos e jogos. Não esqueça de realizar um trabalho de recuperação após os treinos, alongando e fazendo uma corrida lenta.

Quer saber mais sobre lesões? Acesse as outras publicações.

Deixe um comentário